Abdominoplastia

Produtos encontrados: 24 Resultado da Pesquisa por: em 12 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 24 Resultado da Pesquisa por: em 12 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Como utilizar a cinta pós-cirúrgica depois da abdominoplastia

Qualquer cirurgia estética que modifique muito o corpo pode trazer uma maior necessidade de cuidados específicos. Um desses cuidados é a cinta abdominal pós-cirúrgica, que proporciona alívio, praticidade e conforto para quem deseja o melhor resultado depois do procedimento.

Esses itens, quando utilizados com a compressão ideal, são essenciais para auxiliar na retração e acomodação da pele, prevenir o seroma, diminuir os hematomas, não deixar que as quelóides se formem, reduzir o inchaço causado no procedimento, ativar a circulação do sangue efetuar uma drenagem, modelar o corpo e sustentar o abdômen.

Esses produtos para saúde são especialmente desenvolvidos com um tecido antialérgico, proporcionando mais sustentação, estabilidade e melhor cicatrização com diversas opções de modelos e tamanhos, inclusive plus size ou sob medida.

Ufa! Já deu pra perceber que as cintas modeladoras são extremamente importantes, não é mesmo? Pensando nisso, reunimos as melhores dicas para você utilizar esses itens durante pós-cirurgias.

Como cuidar da saúde com a cinta modeladora

Ainda nos primeiros 15 dias, o paciente não conseguirá esticar o tronco, ficando ligeiramente curvado para frente a fim de evitar a reabertura dos pontos. Durante o procedimento pós-operatório na recuperação da abdominoplastia, é preciso se alimentar corretamente e fazer a utilização da cinta todo o tempo, retirando-a somente para o banho.

A utilização da cinta na recuperação da cirurgia de abdominoplastia

A recuperação da cirurgia no abdômen prevê a utilização da cinta para barriga, somente precisando retirá-la para o banho ou para a limpeza da cicatriz. Ela precisa ser reposta após cada procedimento, sempre com muito cuidado.

A cinta modeladora pós-cirúrgica pressionará a região abdominal, proporcionando um maior conforto e facilitando os movimentos. Além disso, ela também ajudará a evitar o acúmulo de seroma.

A utilização da cinta precisa ser feita desde o dia da cirurgia de abdominoplastia até, aproximadamente, 45 dias do pós-operatório. Nesta fase é comum sentir dores. Por isso, talvez haja a necessidade de recorrer a analgésicos, como o paracetamol. Já para facilitar a ida ao banheiro, o melhor é tomar os remédios à base de fibra. Claro que é sempre importante procurar o médico para que ele possa passar as informações exatas para a sua necessidade.

O tratamento na recuperação

Nos primeiros meses da abdominoplastia, talvez exista a necessidade de recorrer a outros tratamentos estéticos com o objetivo de melhorar os resultados já alcançados, caso haja alguma imperfeição.

Outro fator importante é conhecer a espessura exata da gordura que reveste a área do corpo, para entender qual o melhor tratamento a fazer. Cabe lembrar que o resultado do procedimento não está ligado à quantidade de quilos retirados, mas sim com as proporções do abdômen comparadas com o corpo.

O que mais se sabe é que, quanto menor for a retirada de gordura, melhor acaba sendo o resultado do procedimento, assim como a recuperação. Um exemplo disso são as mulheres que acabaram de ter filhos

A rotina pós-recuperação da cirurgia de abdominoplastia

Durante a recuperação, aos poucos, as atividades de rotina poderão ser retomadas. Porém, é preciso sugerir que se evite levantar os braços acima da linha do ombro no primeiro mês. Outra recomendação é, ainda utilizando a cinta abdominal, evitar esticar o abdômen, sempre respeitando o limite da dor.

A estimativa de recuperação quando se utiliza a cinta abdominal pós-cirúrgica é para 10 ou 15 dias depois da cirurgia. Para voltar a praticar exercícios físicos é preciso esperar cerca de dois meses, além de começar com atividades leves e sempre acompanhadas por um educador físico.

As atividades do dia a dia poderão ser retomadas durante a recuperação da cirurgia de abdominoplastia desde que não ocorra dor ou incômodo. É preciso ter atenção a situações como a presença de febre, saída de líquido, dores ou inchaço geral, que podem indicar que algo mais grave está acontecendo.

E para encontrar os melhores modelos de cintas modeladoras, conte sempre com a Center Cintas. Continue navegando no site e confira diversos tipos de produtos de saúde.